Logo FICLO

1ª Parte — 11 a 21 de julho

Reserva de Bilhetes

2ª Parte — 1 de Agosto a 11 de Agosto

Reserva de Bilhetes

quinta — 8/08/2019 — 21h30

Drama - DE/FR, 2018, M/12, 101 min. V. O. em Alemão e Francês/Legendado em Português/English Subtitles

Realização: Christian Petzold
Argumento: Christian Petzold (Romance: Anna Seghers)
Fotografia: Hans Fromm
Com: Franz Rogowski, Paula Beer, Godehard Giese 
 

transit.jpg

Baseado livremente no romance de Anna Seghers de 1944. Como em Visa Transit, o filme justapõe passado, presente e futuro. O filme acompanha Georg, um técnico de rádio e televisão alemã, refugiado ilegalmente em França, que recebe de um parceiro a missão de entregar duas cartas a um escritor em Paris. Georg descobre que o escritor cometeu suicídio e que deixou um romance inacabado, um episódio que nos lembra a trágica morte de Walter Benjamin em 1940, também em França. As circunstâncias constrangedoras levam Georg a fazer-se passar pelo escritor falecido para obter um visto e fugir para o México. 

A particular característica atemporal da história é uma declaração evidente diante de questões políticas e sociais que ainda se encontram em vigor.

No ano passado abrimos a Mostra com Western, da colega de Petzold na “Escola de Berlim”, Valeska Grisebach, com outro ponto de vista menos metafórico, mas igualmente crítico de uma Europa e um mundo que força a mobilidade geográfica e a marginalidade, o que propicia um tipo de relações que não se chegam a desenvolver com fluidez.

2018: Festival de Berlim:  Selecção Oficial de longa-metragens em competição 
2018: BAFICI:  Selecção Oficial (Fora de Concurso) 
2018: Prémios do Cinema Alemão: Nomeada Melhor Filme, Melhor Som 

 

sexta — 9/08/2019 — 21h30
Verão

Biografia, Música, Romance - RUS, 2018, M/12, 126 min. V. O. em Russo/Legendado em Português/English Subtitles

Realização: Kirill Serebrennikov 
Argumento: Mikhail Idov, Lili Idova, Iván Kapitonov, Kirill Serebrennikov
Fotografia: Vladislav Opelyants
Com: Teo Yoo, Irina Starshenbaum, Roman Bilyk

leto.jpg

O cineasta russo Kirill Serebrennikov (The Student) regressa ao grande ecrã com uma homenagem aos primeiros anos do rock russo. Leto (Verão) coloca-nos nos meandros do rock underground, em Leningrado, nos anos 80, inserindo-se num clima em que a mudança é pedida mas também sentida.

Um rockstar aclamado, Mike (Roman Bilyk), luta para promover o rock na decadente União Soviética, quando outro músico, Viktor Tsoi (Tee Yoo), surge como um novo talento promissor. Surge então um triângulo amoroso em torno destas duas personagens e a mulher de Mike, Natasha (Irina Starshenbaum). Juntos, eles vão mudar a trajetória do rock n'roll na União Soviética.

No fundo, esta é uma história de músicos que lidam com várias camadas de frustração - cultural, artística, pessoal - mas que conseguem superar-se, de uma forma ou de outra. 
Na maior parte das vezes, Leto é filmado num preto e branco lustroso que às vezes pode parecer arenoso, mas na maioria das vezes transforma Leto num devaneio sobre rock 'n' roll, funcionando como uma história mais universal de luta e de sonhos. 

2018: Festival de Cannes: Melhor Compositor; Nomeado Palma de Ouro 
2019: Russian Guild of Film Critics: Melhor Realizador, Melhor Compositor
2019: Nika Awards: Melhor Realizador, Descoberta do Ano (Roman Bilyk) 

sábado — 10/08/2019 — 21h30

Crime, Drama - JP, 2018, M/14, 120min. V. O. em Japonês/Legendado em Português/English Subtitles

Realização e Argumento: Hirokazu Koreeda 
Fotografia: Ryuto Kondô 
Com: Lily Franky, Sakura Andô, Kirin Kiki

Shoplifters.jpg

Galardoado com a “Palma de Ouro” no Festival de Cannes (2018), Shoplifters, de Hirokazu Koreeda, apresenta-nos uma família que vive à margem do resto da sociedade japonesa. Shoplifters é um filme brilhante e audacioso, intenso e surpreendente, um dos melhores de Koreeda. Muito devido às brilhantes performances do elenco, o resultado é um drama gratificante e profundamente comovente, revivendo temas de filmes anteriores como Nobody Knows (2004) e Like Father Like Son (2013). 

Apesar de toda a sua gentileza e calmaria, Shoplifters tem uma visão devastadoramente clara sobre o Japão moderno. Usualmente, o cinema japonês mostra-nos duas sociedades possíveis. Uma é bastante avançada, onde as pessoas vivem comodamente tirando proveito da tecnologia e do capitalismo. A outra retrata o mundo do crime organizado, onde ninguém parece dedicar-se aos delitos por fome. Por isso, Shoplifters surpreende mostrando com naturalidade as penúrias de uma classe trabalhadora que arduamente ganha aquilo que necessita para sobreviver, sem precisar de romantizar a pobreza nem tão pouco a delinquência. 

As lentas revelações, as interacções naturais e o espaçamento prudente entre o choque e a surpresa são prova de que este mestre cineasta está em perfeita sintonia com os seus desígnios e a sua arte.

 

2018: Festival de Cannes: Palma de Ouro

domingo — 11/08/2019 — 21h30
Filme apresentado pela realizadora Rita Azevedo Gomes

 

Drama - PT,  2018, M/12, 136 min. V. O. em Português e Alemão/English Subtitles

Realização e Argumento: Rita Azevedo Gomes
Adaptação e Diálogos: Rita Azevedo Gomes, Agustina Bessa-Luís (Conto: Robert Musil)
Fotografia: Acácio de Almeida
Com: Clara Riedenstein, Marcello Urgeghe, Rita Durão, Pierre Léon

A_portuguesa.jpg

Em conjunto com a célebre e recentemente falecida escritora Agustina Bessa-Luís, Rita Azevedo Gomes adapta o segundo dos três contos que Robert Musil escreveu no livro Três Mulheres (1924). Esta história segue os dias de uma nobre lusa (Clara Riedenstein) que, depois de se casar com o barão Von Ketten (Marcello Urgeghe), permanece à espera do marido no castelo até ao final da guerra contra o bispo de Trento.

Da história de Musil surge a inspiração, a atmosfera do filme, mas à diferença do conto, o filme coloca o foco da história na vida da portuguesa, numa espera sem termo. Há uma estranha beleza no tempo parado; cenas como naturezas-mortas e pinturas flamengas. Não por estar suspensa, senão pelo facto de estar à espera, a batalha da portuguesa pode ser muito mais devastadora que a guerra do barão Von Ketten.

2018: Festival Mar del Plata: Selecção Oficial
2019: Festival de Berlim: Selecção Oficial - Forum

2019: Festival Internacional de Cinema de Las Palmas de Gran Canária: Prémio "Lady Harimaguada" de Ouro

  • logo_tavira_bw.png
  • logo_mc_drcalg_h_bw.png
  • logo_ciencia_viva.png
  • ozadi.png
  • kozii-mainlogo_maincolor_white_CMYK.png
  • Meiapag_Algarvila_v2.png
  • Meiapag_ML_Solicitadora.png
  • desiespaco.png
  • villas_sequa.png
  • 2_Casa das Portas.JPG
  • Farmácia Sousa.png
  • NodeGostoLogotipo final.jpg
  • eduardo_reis-1.png
  • logo_cor_sat25.png
  • afm_logo.png
  • POLICAREbranco (1).png
  • algarve-residence_02.png
  • geojardim.png
  • ibex.png
  • jacaranda.png
  • Eolis logo mostras (1).jpg
  • logotipo só Arquitecta Aida  autocad (1)-1 (2).png
  • monte_alamo.png
  • logotipo-pedro-rogado#01web.png