Logo FICLO

Arquivo

quinta — 4/04/2019
imagem_de_capa__ficlo_.jpg
quinta — 4/04/2019
FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA E LITERATURA DE OLHÃO
profile_fb.jpg

FICLO [Festival Internacional de Cinema e Literatura]

de 4 a 13 de Abril

 

Filmes . Conversas . Performances . Masterclasses . 

Instalações . Declamações . Menu Fílmico . Obra Criativa . 

Passeios Fílmicos . Concerto . Festas

 

info@ficlo.pt

press@ficlo.pt

 

https://www.facebook.com/festivalcinemaliteraturaolhao/

https://www.instagram.com/ficloficlo/

quinta — 28/03/2019
CICLO MIZOGUCHI

Drama, Romance - JP, 1939, 143 min. M/12 - V.O. em Japonês - Legendas em Português
Realização: Kenji Mizoguchi · Argumento: Yoda Yoshikata · Fotografia: Yozô Fuji, Minoru
Miki · Com: Shôtarô Hanayagi, Kôkichi Takada, Gonjuro Kawarazaki


 

mizoguchi.jpg

Tóquio, 1888. Uma fábula sobre um amor condenado entre um actor de teatro Kabuki e uma jovem empregada disposta a sacrificar tudo pela carreira do homem que ama. O filme acompanha os horários exigentes e as dificuldades que o actor enfrenta, estabelecendo um paralelo com os papéis que a jovem é forçada a assumir.

Boston Society of Film Critics Awards (2014) - Prémio especial melhoresredescobertas - O Conto dos Crisântemos Tardios

segunda — 25/03/2019

Passeios Fílmicos é um projecto do FICLO em parceria com a Love Tuk Olhão e Tuk Tuk Tavira. 

Olhão: Love tuk Olhão http://lovetukolhao.pt/
(+351) 962 329 606

Tavira a castro Marim: Tuk, Tuk Tavira https://tuktuktavira.com/
(+351) 913 352 830

passeios_filmicos.jpg

Passear pela região através dos filmes rodados em Olhão e de Cabanas de Tavira a Castro Marim. 

Este é um passeio pelos vestígios de filmes como
o Princípio da Sabedoria de António Macedo, À Flor
do Mar, ou pela poesia de Sophia de Mello Breyner
Andresen de João César Monteiro ou por A Luz na Ria
Formosa de João Botelho. De alguma forma, estão aqui
como as ténues figuras de Lucrécio, ténues figuras
que se desprendem das coisas e que andam à nossa
volta neste céu que ele diz que se chama ar. Basta com
recorrer estes caminhos de vegetação rasteira de verdes
intensos e castanhos quentes, basta com contemplar
este mar suave, a luz da ria Formosa, os vazios que
as ilhas deixaram ou os planos abstractos das casas
caiadas. Este fora do enquadramento é a potência activa
dos filmes, é o que o condiciona, obriga e restringe ao
quadro, mas também é para onde ele foge ou se esvai
em amores, em exílios, ou em traições. O Algarve tem
sido palco privilegiado de rodagens de filmes, com
paisagens que explodem de uma luz dura e intensa.
Vejam como aqui as coisas nos observam, reparem
nos olhos das platibandas e dos barcos...
Descobrindo novas camadas abertas pela cinefilia,
cada passeio faz da arqueologia da história do cinema
algarvio (i. e. filmado no Algarve, ou em estúdio – com
temas e motivos algarvios), uma via de acesso ao
presente (para todos aqueles que cá vivem e/ou que
nos visitam). Mas também como uma espécie de
arqueologia do possível: revelar-se-á a memória de
filmes que ainda não foram filmados. Trata-se dum
jogo de potencialidades, um jogo no Fora do Campo
do cinema.

quinta — 21/03/2019

Drama - DE, FR ,2018, 101 min. M/12 - V.O. em Alemão, Francês - Legendas em Português
Realização: Christian Petzold · Argumento: Christian Petzold (adaptação) Anna Seghers
(romance) · Fotografia: Hans Fromm · Com: Franz Rogowski, Paula Beer, Godehard Giese


 

em_transito.jpg

A história decorre em Marselha, numa amálgama de diversas décadas, inserida num imaginário histórico marcado pela ocupação alemã. Certos cidadãos do outro lado do Reno, como Georg, precisam de fugir do continente, de barco, para escapar ao regime. Na cidade de Marselha, Georg espera obter um visto e, como tantos outros, espera e vagueia sem propósito. O seu caminho vai cruzar-se com o de um escritor que cometeu suicídio e cuja identidade Georg assume (Leopardo).

Lisboa & Estoril Film Festival (2018) - Nomeado para melhor filme - Christian Petzold
Nuremberg Film Festival "Turkey-Germany"(2018) - Melhor filme - Christian
Petzold

quinta — 14/03/2019
Estreia Nacional

Drama - PT, BR, 2018, 114 min. M/12 - V.O. em Português
Realização e Argumento: João Salaviza, Renée Nader Messora · Fotografia: Renée Nader
Messora · Com: Henrique Ihjãc Krahô, Raene Kôtô Krahô e os habitantes da aldeia Pedro Branca - Terra Indígena Krahô

 

chuva_e_canto.jpg

Esta noite, os espíritos e as cobras ainda não apareceram. A floresta ao redor da aldeia está calma. Ihjãc, quinze anos, tem pe-
sadelos desde que perdeu o pai. Ele é um índio Krahô, do Norte do Brasil. Ihjãc avança na escuridão com o corpo suado. Uma voz
distante ecoa por entre as palmeiras. A voz do pai chama-o, junto à cascata: chegou o momento de preparar a sua festa de fim de
luto para que o espírito possa partir para a aldeia dos mortos. Rejeitando o seu dever e para escapar do processo de se transformar em xamã, Ihjãc foge para a cidade de Itacajá. Longe do seu povo e da sua cultura, vai enfrentar a realidade de ser um indígenano Brasil contemporâneo.

Festival de Cannes (2018) - Un Certain Regard Jury Prize - João Salaviza Renée
Nader Messora Lima Latin American Film Festival (2018) - Prémio do júri - Melhor Filme

quinta — 7/03/2019

Drama, Romance - CN, FR, JP, 2018, 137 min. M/14 - V.O. em Chinês e
Mandarim - Legendado em Português
Realização: Jia Zhangke · Argumento: Jia Zhangke · Fotografia: Eric Gautier · Com: Zhao Tao, Fan Liao, Diao Yinan


 

ash_is_the_purest_white.jpg

Qiao está apaixonada por Bin, um mafioso local. Numa luta entre gangs rivais, Bin é atacado e Qiao dispara uma arma para o proteger. Por causa deste acto de lealdade, Qiao é condenada a uma pena de cinco anos de prisão. Depois de ser libertada, vai à procura de Bin. (Midas)

Cannes Film Festival (2018) - Nomeado para Palma d'Oro - Jia Zhangke
Asia Pacific Screen Awards (2018) - Asia Pacific Screen Award - Melhor Actriz Zhao Tao

domingo — 3/03/2019

20h00 >> Com a apresentação da Lesia Voroniuk

Drama, Histórico - 2016, V.O. em Ucraniano - Legendado em Português
Realização: Oleksander Tkachuk · Argumento: Lesia Voroniuk · Fotografia: Viktor

51424808_600122190430676_465192310171238400_n.jpg

O primeiro filme documentário sobre camisas bordadas.
O filme, criado por Lesya Voronyuk e Oleksander Tkachuk, entrelaçada com dois planos. O primeiro - etnográfico - mostra uma incrível variedade de ornamentos únicos, técnicas de bordado, corte, dependendo de região para região. E o segundo - as histórias de pessoas cujas vidas mudaram devido as camisas bordadas.

quinta — 28/02/2019

Documentário, Biografia - BR, FR , 2014, 105 min. M/12 - V.O. em Mandarim - legendado em Português
Realização: Walter Salles · Argumento: Walter Salles, Jean-Michel Frodon· Fotografia: IntiBriones · Com: Jia Zhangke

 

FEDANG.jpg

Jia Zhang-ke é o retrato de um jovem realizador chinês, considerado por muitos como um dos melhores da nossa geração. O documentário reflecte a questão da memória e do cinema, seguindo Jia Zhang-ke até à sua cidade natal, até à província de Shanxi no Norte da China e aos locais onde gravou os seus filmes. Com a ajuda dos seus actores e colaboradores, Jia Zhang-ke reencontra as inspirações dos seus filmes e revela uma cultura em disrupção.

Prémios Fénix (2015) - Nomeado para Melhor documentário - Walter Salles

quinta — 21/02/2019

Drama, Romance - CN, FR, JP, 2015, 126 min. M/12 - V.O. em Chinês, Mandarim, Cantonês e Inglês - Legendado em Português
Realização e Argumento: Jia Zhangke · Fotografia: Yu Lik Wai · Com: Tao Zhao, Zhang Yi, Sylvia Chang

 

as-montanhas-se-separam-5.jpg

Tao, uma jovem rapariga de Fenyang é cortejada por dois amigos de infância, Zhang e Liangzi. Zhang, proprietário de uma estação de serviço, tem reservado para si um futuro prometedor, ao passo que Liangzi trabalha numa mina de carvão. Com o coração dividido entre os dois homens, Tao vai ter de fazer uma escolha que irá marcar o resto da sua vida e da do seu futuro filho, Dollar. Num quarto de século, entre uma China em profunda mutação e a Austrália como a promessa de uma vida melhor, encontram-se as esperanças, os amores e as desilusões das personagens face ao seu destino.

Festival de Cannes (2015) - Nomeado para Palme d’Or - Zhangke Jia