quinta — 6/09/2018 — 21h30

Cinema ao ar livre > Convento do Carmo

 

Drama - EU/IT/DE/FR/BR/SE, 2017, 118 min. - M/14 - V.O. em Italiano - Legendado em Português - English Subtitles
Realização e Argumento: Jonas Carpignano · Fotografia: Tim Curtin · Com: Pio Amato, Koudous Seihon, Damiano Amato

a-ciambra.jpg

“Numa comunidade romani na Calabria, Pio Amato, um adolescente de 14 anos, vive uma vida de rua. Relaciona-se tanto com italianos como com refugiados africanos, mas também com marginais. Tendo como modelo o irmão mais velho, Cosimo, cedo recorre, tal como ele, ao crime como estratégia de sobrevivência. Mas, um dia, Cosimo desaparece e o ainda miúdo é obrigado a crescer e tornar-se o homem que continuadamente tentou provar ser.
Um retrato realista sobre uma comunidade no sul de Itália, assinado por Jonas Carpignanos, realizador do premiado "Mediterrânea", novamente com Pio Amato e Koudous Seihon nos principais papéis.” PÚBLICO

Cannes Film Festival - Label Europa Cinemas - Melhor Realizador
International Cinephile Society Awards - ICS Award - Melhor filme não distribuído em 2017
Lisbon & Estoril Film Festival  - Nomeado para melhor filme

domingo — 9/09/2018 — 20h30
O meu amingo Pete

Cinema ao ar livre > Convento do Carmo 

Drama, Aventura - GB, 2017, 121 min. - M/12 - V.O. em Inglês - Legendado em Português
Realização: Andrew Haigh · Argumento: Andrew Haigh, Willy Vlautin( romance)  · Fotografia: Magnus Nordenhof Jønck  · Com: Charlie Plummer, Amy Seimetz, Travis Fimmel, Steve Buscemi

lean_on_pete.jpg

“Charley Thompson foi abandonado pela mãe em criança e vive só com o pai, um empregado de armazéns, com poucas condições. Tendo apenas 15 anos, de modo a poder prosseguir os estudos e ter comida, arranja um trabalho de Verão a auxiliar Del, um tratador de cavalos. Aí cruza-se com Lean on Pete, um cavalo de corrida já acabado, com quem vai desenvolver uma relação de amizade. Quando esse cavalo é condenado à morte num matadouro no México, Charlie decide salvá-lo e fugir. Juntos vão iniciar uma longa, dura e comovente travessia pela América. Um filme de Andrew Haigh, realizador de "45 Anos" e "Amor de Fim-de-semana", com Charlie Plummer, Amy Seimetz, Travis Fimmel e Steve Buscemi.” PÚBLICO

Heartland Film -  Truly Moving Picture Award - Melhor Realizador 
Venice Film Festival - Marcello Mastroianni Award - Melhor jovem Actor

quinta — 13/09/2018 — 21h30

Cinema ao ar livre > Convento do Carmo 

Drama, Thriller - US/GB/IE, 2017, 121 min. - M/16 - V.O. em Inglês - Legendado em Português
Realização: Yorgos Lanthimos · Argumento: Yorgos Lanthimos, Efthymis Filippou · Fotografia: Thimios Bakatakis · Com: Nicole Kidman, Colin Farrell, Alicia Silverstone, Raffey Cassidy

the_killing_of_a_sacred_deer.jpg

“Com inspiração em peças clássicas gregas, especialmente "Ifigénia em Áulide", de Eurípides, este é o quinto filme realizado a solo do também grego Yorgos Lanthimos. Ao contar a história de um cirurgião cardiovascular que se torna mentor de um adolescente órfão de pai que começa a insinuar-se cada vez mais na sua família aparentemente perfeita e o obriga a revisitar o seu passado obscuro, o filme coloca questões sobre o sacrifício e a culpa. No papel principal, como Dr. Steven Murphy, está Colin Farrell, protagonista de "A Lagosta", o filme anterior de Lanthimos e o primeiro do realizador feito em inglês. Contracena com actores como Barry Keoghan, Nicole Kidman ou Alicia Silverstone. "O Sacrifício de Um Cervo Sagrado" venceu o prémio de Melhor Argumento na edição de 2017 do Festival de Cannes.” PÚBLICO

 

Cannes Film Festival - Melhor Argumento
Film Independent Spirit Awards - Nomeado para melhor filme

domingo — 16/09/2018 — 20h30

Cinema ao ar livre > Convento Carmo

Drama - DE/ÁT/FR, 2017, 107 min. - M/14 - V.O. em Francês/Inglês - Legendado em Português
Realização e Argumento: Michael Haneke · Fotografia: Christian Berger · Com: Isabelle Huppert, Jean-Louis Trintignant, Mathieu Kassovitz, Fantine Harduin

happy-end.jpg

“Encontro de várias gerações de uma família burguesa em Calais, França. George Laurent, o ancião, sofre de demência progressiva; Thomas, o filho, depois da notícia do envenenamento da ex-mulher, é obrigado a viver com a sua filha, Ève, que por sua vez tem tendências suicidas; Anne, a filha, tem em mãos o negócio de construção civil da família e tem de lidar com o trauma de um acidente de trabalho causado pelo seu filho, que sofre de desequilíbrios mentais.
Um filme sobre dramas e segredos familiares, com a crise de refugiados e da Europa contemporânea como pano de fundo. Depois de "Amor", Isabelle Huppert ("A Pianista", "Ela", "Marvin") e Jean-Louis Trintignant ("Janis e John"), voltam a contracenar num filme de Michael Haneke ("O Laço Branco", "Brincadeiras Perigosas") que conta ainda com Mathieu Kassovitz ("Uma Traição Fatal", "A Vida de Outra Mulher", "Valerian e a Cidade dos Mil Planetas").” PÚBLICO


Cannes Film Festival - Palma de Oro - Nomeado
Munich Film Festival - Melhor Filme Estrangeiro - Nomeado
Romy Gala - Melhor Fotografia

quinta — 20/09/2018 — 21h30
Elevator to the Gallows

Thriller - FR, 1958, 88 min. - V.O. em Francês - Legendado em Português
Realização: Louis Malle · Argumento: Louis Malle, Roger Nimier · Fotografia: Henri Decaë · Com: Georges Poujouly, Jeanne Moreau, Maurice Ronet

film-ascenseur-pour-l-echafaud5.jpg

“Depois das colaborações com Cousteau, "Ascenseur Pour L''échafaud" foi a estreia de Louis Malle na longa--metragem de ficção. Uma estreia coroada de sucesso, a que não faltou a atribuição do Prémio Louis Delluc. Através de uma intriga policial desenvolvida em ambientes "à americana" (para o que muito contribui a música de Miles Davis) Malle deixava aqui a certeza de que o "novo cinema" estava prestes a chegar.” Texto: Cinemateca Portuguesa


Prix Louis Delluc - Prix Louis Delluc - Melhor Realizador

domingo — 23/09/2018 — 20h30

Cinema ao Ar livre > Convento do Carmo 

Documentário - IT/BE, 2017, 93 min. - M/12 - V.O. em English - Legendado em Português
Realização e Argumento : Susanna Nicchiarelli · Fotografia: Crystel Fournier · Com: Trine Dyrholm, John Gordon, Anamaria Marinca

nico.jpg


“Depois de ter passado por Nova Iorque e pelos Velvet Underground nos anos 1960, Nico dá início a uma longa e prolífera carreira a solo. Na década seguinte, a cantora, de origem alemã, regressa à Europa para tocar ao vivo e acaba por tornar-se também actriz, participando em vários filmes de Philippe Garrel. Já nos anos 1980, instala-se definitivamente em Inglaterra e volta a dedicar-se à música. "Nico, 1988" foca os últimos dois anos da vida de Nico, em Manchester. Já a anos de distância de Andy Warhol e da Factory, toca em pequenos clubes e rejeitar os circuitos comerciais, mantendo um culto que lhe permite fazer digressões pela Europa, incluindo do Leste. No entanto, mantém ainda o vício em heroína, que é agravado por problemas emocionais, e uma relação difícil com o filho e com o "manager".
Escrito e realizado por Susanna Nicchiarelli ("Cosmonauta"), com Trine Dyrholm ("A Comuna", "Águas Agitadas") no papel principal, conta ainda com interpretações de John Gordon Sinclair, Anamaria Marinca e Sandor Funtek.” PÚBLICO

Prémios David di Donatello (2018) - Melhor Argumento, Melhor banda sonora

  • Togoforhomes 02.png
  • LOGO_FARMACIA_SOUSA copy-1 (1).png
  • SMEG.png
  • Logo-Benamor-Golf.png
  • logo la baguette.png
  • rui_horta.png
  • ozadi.png
  • kozii.png
  • homegharb.png
  • desiespaco.png