Estamos temporariamente no Clube de Tavira, R. da Liberdade 23, 8800-399 Tavira

domingo — 3/02/2019 — 20h30

20H00 >> Conversa com TYRO, um chatbot de inteligência artificial (IA). Projecto de Arte Digital - CADA

Drama de ficção científica, Sci-fi - RU, 1979, 162 min. M/12 - V.O. em Russo - Legendado em Português.

Realização: Andrei Tarkovsky · Argumento: Arkadiy Strugatskiy, Boris Strugatskiy · Fotografia: Aleksandr Knyazhinskiy Georgi
Rerberg · Com: Alisa Freyndlikh, Aleksandr Kaydanovskiy, Anatoliy Solonitsyn



 

stalker.jpg

O movimento é tudo, a busca é o que importa. O que se procura não é mais do que a Utopia que se esfuma quando nos abeiramos dela. Toda a busca está condenada ao fracasso. É o que parece dizer Tarkovski em "Stalker", um dos seus filmes mais importantes, adaptado de uma novela dos irmãos Arcadi e Boris Strugatsky, uma ficção científica entre a parábola e a meditação filosófica. O "stalker" é o guia que leva o "viajante" pelos labirintos que conduzem à "zona", onde se encontra a câmara de todos os desejos, e a viagem é a iniciação de cada um. Talvez a obra mais pessimista do autor de "Andrei Roublev" e de "Solaris".

 

Festival de Cannes (1980) - Prémio do Júri Ecumênico - Andrei Tarkovsky

quinta — 7/02/2019 — 21h

FORENSIC
NL, 2018, 5 min. | Realização: Chris de Krijger

Melhor filme na categoria experimental

SPA ARCHITECTURE OF ZAWODZIE

Pl, 2018, 30 min. | Realização: Ewa Trzcionka (English Subittles)

Prémio novos talentos

JAAR LAMENTO DE LAS IMÁGENES

CL, 2017, 78 min. | Realização: Paula Rodriguez Sickert (V. O em Espanhol / English Subittles)

Prémio Público

jaar.jpg

O ARQUITETURAS FILM FESTIVAL consiste numa mostra internacional de filmes documentais, experimentais e de ficção sobre a temática da Arquitetura.O programa que tem vindo a ser desenvolvido para este festival, desde a sua criação em 2013, alimenta-se das infinitas possibilidades de valorização e divulgação da Arquitetura através do Cinema e da produção audiovisual em geral.

O festival procura tirar proveito da ampla rede de contactos entretanto criada entre outros festivais de Cinema de Arquitetura espalhados pelo mundo, para potenciar a projeção de filmes de grande relevância para a divulgação da cultura arquitectónica portuguesa, não só em território nacional, como também, e muito especialmente, a nível internacional. Para além da exibição de filmes, realizam-se diversas atividades paralelas, como conversas informais, masterclass, workshops, visita guiada e apresentações de teses.

 
domingo — 10/02/2019 — 20h30

THE HYMNS OF MUSCOVY
RU, 2018, 15 min | Realização: Dimitri Venkov | V.O Russo / English Subtitles

Melhor filme na categoria de ficção

A VIRGEM ETERNA 
ES, 2017, 15 min. | Realização: Jorge Suárez Quiñones Rivas | V.O Espanhol / English Subtitles

Melhor filme na categoria de ficção

Menção Honrosa

MORIYAMA-SAN
FR, 2017, 63 min. | Realização: Ila Bêka e Louise Lemoine | V.O Japonês / English Subtitles

Melhor filme na categoria de ficção

Melhor filme na categoria de documentário

moriyama_san-1024x576.jpg

O ARQUITETURAS FILM FESTIVAL consiste numa mostra internacional de filmes documentais, experimentais e de ficção sobre a temática da Arquitetura.O programa que tem vindo a ser desenvolvido para este festival, desde a sua criação em 2013, alimenta-se das infinitas possibilidades de valorização e divulgação da Arquitetura através do Cinema e da produção audiovisual em geral.

O festival procura tirar proveito da ampla rede de contactos entretanto criada entre outros festivais de Cinema de Arquitetura espalhados pelo mundo, para potenciar a projeção de filmes de grande relevância para a divulgação da cultura arquitectónica portuguesa, não só em território nacional, como também, e muito especialmente, a nível internacional. Para além da exibição de filmes, realizam-se diversas atividades paralelas, como conversas informais, masterclass, workshops, visita guiada e apresentações de teses.

quinta — 14/02/2019 — 21h
CICLO KENJI MIZOGUCHI

Drama - JP, 1954, 124 min. M/12 - V.O. em Japonês - Legendado em português / English Subtitles
Realização: Kenji Mizoguchi · Argumento: Ogai Mori (conto), Fuji Yahiro, Yoshikata Yoda · Fotografia: Kazuo Miyagawa · Com: Kinuyo
Tanaka, Yoshiaki Hanayagi, Kyôko Kagawa

 

INTENDENTE_SA.jpg

A história de "Sansho Dayu" baseia-se numa velha lenda japonesa, contada de diversas maneiras (da literatura às canções populares) a partir do século XVI. O filme de Mizoguchi baseia-se na versão dessa lenda escrita pelo romancista Ogai Mori, em 1915. O argumentista Yoshikata Yoda explicou que a intenção era ''elevar uma lenda popular ao nível de um drama social'', o que Mizoguchi conseguiu elevando à elipse suprema uma e outra dessas origens. Um conto de fadas como origem da tragédia. Um dos filmes mais densos e misteriosos de Mizoguchi. Texto:Cinemateca Portuguesa

 

Festival de Veneza (1954) - Leão de Prata - Kenji Mizoguchi

quinta — 21/02/2019 — 21h

Drama, Romance - CN, FR, JP, 2015, 126 min. M/12 - V.O. em Chinês, Mandarim, Cantonês e Inglês - Legendado em Português
Realização e Argumento: Jia Zhangke · Fotografia: Yu Lik Wai · Com: Tao Zhao, Zhang Yi, Sylvia Chang

 

as-montanhas-se-separam-5.jpg

Tao, uma jovem rapariga de Fenyang é cortejada por dois amigos de infância, Zhang e Liangzi. Zhang, proprietário de uma estação de serviço, tem reservado para si um futuro prometedor, ao passo que Liangzi trabalha numa mina de carvão. Com o coração dividido entre os dois homens, Tao vai ter de fazer uma escolha que irá marcar o resto da sua vida e da do seu futuro filho, Dollar. Num quarto de século, entre uma China em profunda mutação e a Austrália como a promessa de uma vida melhor, encontram-se as esperanças, os amores e as desilusões das personagens face ao seu destino.

Festival de Cannes (2015) - Nomeado para Palme d’Or - Zhangke Jia

quinta — 28/02/2019 — 21h

Documentário, Biografia - BR, FR , 2014, 105 min. M/12 - V.O. em Mandarim - legendado em Português
Realização: Walter Salles · Argumento: Walter Salles, Jean-Michel Frodon· Fotografia: IntiBriones · Com: Jia Zhangke

 

FEDANG.jpg

Jia Zhang-ke é o retrato de um jovem realizador chinês, considerado por muitos como um dos melhores da nossa geração. O documentário reflecte a questão da memória e do cinema, seguindo Jia Zhang-ke até à sua cidade natal, até à província de Shanxi no Norte da China e aos locais onde gravou os seus filmes. Com a ajuda dos seus actores e colaboradores, Jia Zhang-ke reencontra as inspirações dos seus filmes e revela uma cultura em disrupção.

Prémios Fénix (2015) - Nomeado para Melhor documentário - Walter Salles

  • Togoforhomes 02.png
  • LOGO_FARMACIA_SOUSA copy-1 (1).png
  • SMEG.png
  • Logo-Benamor-Golf.png
  • logo la baguette.png
  • rui_horta.png
  • ozadi.png
  • kozii.png
  • homegharb.png
  • desiespaco.png