Logo FICLO

Estamos temporariamente no Clube de Tavira, R. da Liberdade 23, 8800-399 Tavira

quarta — 4/03/2020
Metodologia e Cinema Contemporâneo
Albert_SerracOscar_Fernandez_Orengo.jpg

Seminário com Albert Serra: Metodologia e Cinema Contemporâneo

4 a 6 de Março
Local: Sociedade Recreativa Progresso Olhanense
Horário: 17h00 a 20h00
Preço: €50 (público em geral); €25 (estudantes)
Inscrições através de info@ficlo.pt

Comprometido com a criação de momentos programáticos que aprofundem a relação entre o cinema e a literatura, o Festival Internacional de Cinema e Literatura de Olhão convida o espanhol Albert Serra para um seminário que debate os múltiplos cruzamentos e relações entre ambas disciplinas, muito para além das habituais questões das adaptações das obras literárias ao cinema. Realizador e argumentista, Albert Serra é considerado um dos mais irreverentes e transgressores cineastas contemporâneos, sendo responsável por uma obra que, de Honor de Cavalleria [2006] a Liberté [2019], é indubitavelmente marcada pela literatura. Serra tem apresentado os seus trabalhos em importantes festivais internacionais, como Cannes, Toronto ou Locarno, onde arrecadou diversos prémios, não se ficando apenas pela realização de obras cinematográficas, o realizador é também conhecido pelas suas colaborações no teatro e na museologia. Quando lhe perguntam por essa relação da literatura com o cinema na sua obra, Serra diz que se o espectador já tiver um contexto, ou conhecer a história, ele tem mais liberdade para contar essa história, ou a sua história dessa história. Serra diz mesmo: ‘sem leitura não há inspiração’.

Em março, o autor orienta em Ohão o Seminário Metodologia e Cinema Contemporâneo, com duração de cinco dias e destinado a curiosos e profissionais.

quinta — 20/02/2020

Crime, Drama, Thriller – FRA, 2019, 102 min. M/16 – V.O. em Francês – Legendado em Português                                                                                      
Realização: Ladj Ly · Argumento: Ladj Ly, Giordano Gederlini e Alexis Manenti · Fotografia: Julien Poupard

lady.jpg

Os Miseráveis (Les Misérables), primeira longa-metragem do realizador Ladj Ly, vencedora do Prémio do Júri do Festival de Cannes, também está nomeada na categoria de Melhor Filme Internacional. O filme, que propõe um retrato perturbador dos subúrbios parisienses nos dias de hoje e das relações entre polícia e moradores, tem estreia marcada a 20 de Fevereiro nos cinemas.

Vencedor Prémio FIPRESCI - Festival de Cinema de Veneza (2019) – Competição de Roman Polanski 
Vencedor Leão de Prata - Festival de Cinema de Veneza (2019) – Prémio do Grande Júri de Roman Polanski

quinta — 27/02/2020

Drama – PT, FRA, 2019, 100 min. M/12 – V.O. em Português, Francês e Inglês – Legendado em Português                                                                          
Realização: Ira Sachs · Argumento: Ira Sachs e Mauricio Zachaarias · Fotografia: Rui Poças · Com: Isabelle Huppert, Sennia Nanua, Ariyon Bakare 

frankie.jpg

Depois de lhe ter sido diagnosticada uma doença terminal, Frankie, uma famosa actriz francesa, decide juntar todos os que lhe são mais próximos para uma espécie de despedida. O local escolhido para o encontro é a vila de Sintra, em Portugal. Naquele lugar bucólico e tranquilo, deambulando por  jardins e palacetes, as conversas vão fluindo, com cada um deles a tomar consciência do verdadeiro significado daquele momento.Filmado em Sintra, um drama assinado pelo norte-americano Ira Sachs, segundo um argumento seu e de Mauricio Zacharias, com quem já colaborara em "Deixa as Luzes Acesas" (2012) e "Love Is Strange - O Amor É Uma Coisa Estranha" (2014). O elenco, internacional, inclui Isabelle Huppert, Brendan Gleeson, Greg Kinnear, Marisa Tomei, Jérémie Renier, Sennia Nanua, Manuel Sá Nogueira e Carloto Cotta. PÚBLICO

Nomeação Prémio Filmes para Adulto – Filmes da AARP para prémios de adultos (2020) – Melhor Atriz de Isabelle Huppert 
Nomeação Palme d’Or – Festival de Cinema de Cannes (2019) – Ira Sachs