Logo FICLO

Estamos temporariamente no Clube de Tavira, R. da Liberdade 23, 8800-399 Tavira

quinta — 26/09/2019

convento do carmo

Drama, Fantasia e Horror – NOR/FR/DEN/SWE, 2017, 116 min. M/16 – V.O. em Norueguês e Sueco – Legendado em Português
Realização: Joachim Trier · Argumento: Eskil Vogt e Joachim Trier · Fotografia: Jakob Ihre · Com: Eili Harboe, Kaya Wilkins, Henrik Rafaelsen
 
 

 

thelma.jpg

Thelma (Eili Harboe) é uma jovem tímida que sempre viveu numa pequena localidade rural da Noruega. Quando ingressa no curso de Biologia na Universidade de Oslo, vê-se sozinha pela primeira vez. Um pouco assustada com a sua nova vida, descobre em Anja (Kaya Wilkins) o apoio de que necessita. Mas, à medida que se desenvolve uma relação amorosa entre as duas raparigas, Thelma descobre em si inesperados poderes paranormais que afectam não só a própria saúde, mas tudo em seu redor. 
Com estreia internacional no Festival de Cinema de Toronto (Canadá), um "thriller" sobrenatural realizado por Joachim Trier, que escreve o argumento em parceria com Eskil Vogt, tal como acontecera nos seus filmes anteriores: "Reprise" (2006), "Oslo, 31 de Agosto" (2011) e "Ensurdecedor" (2015). PÚBLICO

 

Denver Film Critics Society (2018) – Melhor Filme de Língua Estrangeira
FEST International Film Festival (2018) – Melhor Filme

domingo — 29/09/2019

convento do carmo

Drama – FR, 2018, 113 min. M/12 – V.O. em Francês - Legendado em Português
Realização: Stéphane Brizé · Argumento: Ralph Blindauer, Stéphane Brizé, Olivier Gorce, Olivier Lemaire, Xavier Mathieu · Fotografia: Eric Dumont · Com: Vincent Lindon, Mélanie Rover, Jacques Borderie
 
 

en_guerre.jpg

Sem razões que o justifiquem, uma vez que o ano anterior se tinha revelado bastante lucrativo, a administração da Perrin Industrie decide fechar portas em França e reabri-las na Roménia, onde os salários são substancialmente mais baixos. Desesperados, os 1100 trabalhadores decidem fazer o possível para manter os seus empregos. A liderá-los está Laurent Amédéo, um homem reivindicativo e sem nada a perder…
Com passagem na competição no Festival de Cinema de Cannes, este é um filme dramático sobre a injustiça e precariedade no trabalho que conta com assinatura de Stéphane Brizé ("Mademoiselle Chambon", "A Lei do Mercado", “A Vida de Uma Mulher”). O argumento é da autoria de Brizé, de Ralph Blindauer e de Olivier Gorce; o elenco conta com o veterano Vincent Lindon (na sua quarta colaboração com Brizé), Mélanie Rover, Jacques Borderie, Davi d Rey e Olivier Lemaire, entre outros. PÚBLICO
 

Chicago International Film Festival (2018) – Melhor Exibição de Stéphane Brizé e Olivier Gorce